Comunidades, fotos, notícias,
vídeos e muito mais
Buscar
Mais Mais »
#AQUADRILHADOTEMER
Hashtag criada por Beth Muniz
Popularidade 0 pontos
Publicações nesta hashtag
Beth Muniz Elite
Mas, desta vez, as suspeitas dos contratos de Lima com o governo de São Paulo e com a construção da usina de Angra 3 foram para o fantástico e, neste país onde a Globo tem o quase monopólio da informação e a capacidade de reger o restante da imprensa comercial, isso adquire um peso que vai além do que podemos fazer aqui, pela internet e pelas redes sociais.
Beth Muniz Elite
Do Globo Overseas:

O ministro Admar Gonzaga [que votou com Gilmar e salvou o presidente ladrão - C Af], do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), teria pedido para o advogado Alexandre Luiz Amorim Falaschi contratar um investigador particular para seguir sua mulher, Élida Souza Matos, de acordo com depoimento prestado pelo próprio advogado na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Brasília. O detetive, chamado Ailton Francisco Ferreira, ainda afirmou que instalou um rastreador no carro de Élida. No mês passado, ela registrou um boletim de ocorrência acusando o ministro de agredí-la, mas depois retirou a queixa.

O advogado relatou que Admar Gonzaga pediu para ele contratar um investigador particular para "levantar informações sobre a rotina" de sua mulher, durante o período de 1 a 17 de julho, quando ele estaria ausente.
Beth Muniz Elite
PIG
Colonistas globais dão bye-bye às "reformas"

Foi muito ruim e rúim...
Do Ataulpho Merval no Globo Overseas:

O problema é que o governo não teve uma votação que indique que ele poderá recuperar a hegemonia que tinha na Câmara.
Dificilmente o governo Temer poderá garantir a seus apoiadores, notadamente no setor empresarial, que terá condições de levar adiante as reformas que exigem uma reforma constitucional, ou seja, 308 votos em duas eleições na Câmara. Mesmo que se coloquem os quase 20 ausentes como apoiadores envergonhados do governo.
Da Cegonhóloga:

Com 263 votos o "Governo" não aprova reformas.
O resultado é ruim para o Governo e as reformas.

(Ela pronuncia "ruím", como deve ser. Enquanto o Ataulpho, da Academia das Letras, fala "rúim".)

Do Alexandre Maluf Garcia:

Faltam 48 votos para o Governo aprovar reformas que alterem a Constituição.
48 votos, duas vezes na Câmara.

E como diz o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), não se compra um canalha duas vezes...

PHA
Beth Muniz Elite
De qual economia falam os canalhas?

O Conversa Afiada publica breve relatório que derruba os argumentos daqueles deputados canalhas, canalhas, canalhas que votaram a favor do Traíra e seu quadrilhão:
Beth Muniz Elite
R$ 3,1 BILHÕES PARA 465 DEPUTADOS

Nos primeiros sete meses deste ano, o governo federal empenhou um total de R$ 3,1 bilhões para 465*** deputados federais que apresentaram emendas parlamentares, buscando apoio financeiro para projetos que beneficiariam suas bases eleitorais.

Os dados oficiais foram levantados pelo Contas Abertas no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi).

R$ 2,34 BILHÕES ENTRE JUNHO E JULHO

De acordo com esse estudo, só nos dois últimos meses, ou seja, desde que a denúncia por corrupção passiva apresentada contra o presidente Michel Temer chegou à Casa, o governo federal encaminhou aos deputados federais R$ 2,34 bilhões – 75% do total empenhado até o momento.

Hoje, esses parlamentares estarão entre os 513 que decidirão se o presidente poderá ou não ser processado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Beth Muniz Elite
"Governo" é um quadrilhão!

Temer, gatinho angorá e Primo Padilha vão para a Papuda
Beth Muniz Elite
A “carta laranja” da JPMDB acusa os senadores de se posicionarem contra a agremiação e suas lideranças, “realizando posições e ações sem afinidade com o PMDB, ao qual muitas vezes seguindo direcionamento de outras legendas partidárias, tais como o PT.”

Nesta terça (1º), Requião abriu fogo contra Jucá dizendo que o presidente peemedebista o quer expulsar porque ele [Requião] não usa tornozeleira eletrônica nem está denunciado por corrupção no STF.

Kátia Abreu também foi na mesma linha de Requião ao afirmar Jucá não consegue explicar as malas de dinheiro entregues pela JBS a aliados de Michel Temer, como Rodrigo Rocha Loures, Eduardo Cunha e o coronel Lima.
Aplicativos instalados