Comunidades, fotos, notícias,
vídeos e muito mais
Buscar
Mais Mais »
#CORRUPcaO
Hashtag criada por Fernando Melis
Popularidade 34 pontos
Publicações nesta hashtag
Beth Muniz Elite
O golpista Temer jogou pra platéia e os bobos acreditaram.
Tudo nesse governo se resolve na calada da noites ou em jantares e almoços pagos com dinheiro público.
Bem feito.
Pediram, ganharam!
Fernando Melis Elite
Já disse alguém mais sábio: "Diz-me com quem andas e eu te direi quem és". Mutatis mutandis, é isso aí!
Té+ler.
Cara, nunca falei sobre isso, mas esta também é a minha opinião.
Lucio Borges
Cara, nunca falei sobre isso, mas esta também é a minha opinião.
Samuel O. Sousa
Pois é, depende de cada um para mudar esse estigma!
Lucio Borges
A "tia" está negando que pediu dinheiro para a campanha. E vai ter gente defendendo, dizendo que é mentira. Se bem que eles sempre negam. Eu nunca vi a petezada admitir alguma coisa.
Fernando Melis Elite
É verdade!
Lucio Borges
É verdade!
Parafraseando a sacripanta: "É estarrecedor!"
Fernando Melis Elite
Parafraseando a sacripanta: "É estarrecedor!"
Até o tempo foi corrompido.
Lucio Borges
Até o tempo foi corrompido.
Bom dia, Lucio.
O dia amanheceu frio, mas ensolarado aqui em Sampa - embora a previsão fosse de céu nublado e chuva leve a qualquer hora. Parece que, no Brasil, até o tempo deixou de ser sério.
Abraços e um ótimo final de semana.
Fernando Melis Elite
Bom dia, Lucio.
O dia amanheceu frio, mas ensolarado aqui em Sampa - embora a previsão fosse de céu nublado e chuva leve a qualquer hora. Parece que, no Brasil, até o tempo deixou de ser sério.
Abraços e um ótimo final de semana.
Boa noite amigão! Aqui em Porto Alegre também está muito frio e a previsão é que até domingo a temperatura não passe dos 15ºC.
Lucio Borges
Boa noite amigão! Aqui em Porto Alegre também está muito frio e a previsão é que até domingo a temperatura não passe dos 15ºC.
Acredite, eu também já ouvi essa asnice. No entanto, vindo de quem vem, não é de causar espanto. Só não sei como ainda não culparam pela crise o imperador D. Pedro II, a Princesa Isabel, os colonizadores portugueses, Pedro Álvares Cabral ou os silvícolas que estavam bem felizes caçando, pescando e cuidando de suas próprias vidas. Mal sabiam eles no que se transformaria, 5 séculos mais tarde, essa Terra de Santa Cruz.
Mas enfim, como você bem disse, há situações em que é melhor ficar calado.
Abraços, amigo, que agora vou encerrar por aqui. Está um frio danado, e quero ver se "viro recolhe" o quanto antes. Amanhã será outro dia, se Deus quiser - e Ele há de querer.
Fernando Melis Elite
Acredite, eu também já ouvi essa asnice. No entanto, vindo de quem vem, não é de causar espanto. Só não sei como ainda não culparam pela crise o imperador D. Pedro II, a Princesa Isabel, os colonizadores portugueses, Pedro Álvares Cabral ou os silvícolas que estavam bem felizes caçando, pescando e cuidando de suas próprias vidas. Mal sabiam eles no que se transformaria, 5 séculos mais tarde, essa Terra de Santa Cruz.
Mas enfim, como você bem disse, há situações em que é melhor ficar calado.
Abraços, amigo, que agora vou encerrar por aqui. Está um frio danado, e quero ver se "viro recolhe" o quanto antes. Amanhã será outro dia, se Deus quiser - e Ele há de querer.
Eu ouvi uma outro dia que não aguentei: disseram que a culpa da crise política e econômica do Brasil é do Sérgio Moro porque ele persegue o pessoal do PT. Não respondi uma asneira dessas. Quando a idiotice é muito grande eu prefiro ficar calado.
Lucio Borges
Eu ouvi uma outro dia que não aguentei: disseram que a culpa da crise política e econômica do Brasil é do Sérgio Moro porque ele persegue o pessoal do PT. Não respondi uma asneira dessas. Quando a idiotice é muito grande eu prefiro ficar calado.
GRAÇA VIEIRA
Aquela chamada fez a operação voltar ao curso original, amigo. Ficou muito claro o partidarismo da operação saindo do curso natural para investigar MPs. O judiciário está botando as barbas de molho.
Graça! Tudo acontece no devido tempo. Não vamos nos afobar.
Décio Adams, IWA Elite
Graça! Tudo acontece no devido tempo. Não vamos nos afobar.
GRAÇA VIEIRA
Depois do delegado da PF ter sido desmoralizado por Paulo Pimenta na CPI da Zelotes, olha aí os verdadeiros corruptos, os verdadeiros alvos da operação começando a aparecer. Espero muito o aparecimento do esgoto global e do bandido Gerdau.
Fernando Melis Elite
Bota lastimável nisso!
Em resposta a   (Mostrar comentário)
pois é o brasil entrou num estado lastimável
Beth Muniz Elite
Em março de 2002, último ano do governo FHC, a Folha publicou uma reportagem que contava o mega-socorro que o BNDES armava para salvar a Globo da insolvência por conta de investimentos desastrosos em tv por assinatura.

Várias outras publicações noticiaram também.

O que ninguém fez foi ligar o caso à proteção que a Globo oferecera a FHC no episódio Mírian Dutra.

Na entrevista que deu ao DCM, Mírian fala nos empréstimos do BNDES como forma de retribuição de FHC pelo fato de a Globo ajudar a tirá-la do caminho quando ele era ainda um pretendente ao Planalto.

Trechos da reportagem da Folha:

A operação foi revelada pela Folha no sábado e pode chegar a R$ 1 bilhão.

Não se trata da única operação em estudo ou andamento entre um banco oficial e o grupo empresarial carioca. O Banco do Brasil também avalia sua participação no refinanciamento da dívida das Organizações Globo. A Folha apurou que a operação poderá alcançar a cifra de R$ 2 bilhões.

A operação de capitalização com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES, depende ainda da aprovação do seu quadro de técnicos. Teria papel importante no encaminhamento dos problemas financeiros das Organizações Globo, cuja dívida chega a cerca de R$ 1,8 bilhão.
Beth Muniz Elite
Mirian se formou em jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e, em 1982, aos 22 anos de idade, ancorava em Florianópolis pela RBS (afiliada da Globo) o horário local do TV Mulher.

“Para mim, aconteceu tudo muito rápido. Eu era estudante, trabalhava na rádio Itapema e fui chamada para apresentar o TV Mulher, logo depois apresentava no jornal do almoço um quadro sobre turismo em Florianópolis”, diz Mirian.

Nesse período, casou-se com um fotógrafo e teve uma filha, Isadora. O casamento durou cerca de um ano. “Eu queria cobrir política, era minha paixão e pedi à Globo outro local para trabalhar. Me ofereceram apresentar o jornal local de Minas, mas eu queria política e fui para a Manchete em Brasília”, diz.

Ela chegou à capital da República em 1985, com 24 anos de idade e uma filha de um ano e meio. Seis meses depois, Antônio Britto deixou a TV Globo para ser porta-voz de Tancredo Neves, e, com os remanejamentos internos da Globo em Brasília, surgiu uma vaga para trabalhar no Bom Dia Brasil.

“Eu fui a primeira mulher a trabalhar no Bom Dia Brasil, porque o trabalho lá é difícil. Tem que levantar às 4 da manhã e dormir às 7 da noite. Eu era divorciada, mulher casada que trabalha no ritmo desses perde o casamento.”

O casamento da sucessora dela no Bom Dia Brasil, a jornalista Beatriz Castro, não resistiu seis meses.

Eram os dias de intensa cobertura em Brasília, por causa da doença e morte de Tancredo Neves e do início do governo José Sarney, o primeiro civil depois de 20 anos de ditadura militar, quando Mirian conheceu Fernando Henrique Cardoso no restaurante Piantella.
Beth Muniz Elite
Margrit Dutra Schmidt - irmã da jornalista Mirian Dutra, com quem o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) teve um relacionamento – trabalha como assessora no gabinete do senador José Serra (PSDB-SP), mas não cumpre a sua carga horária, de nove horas, de forma presencial.

Schmidt é contratada pela liderança da "minoria' no Senado, mas foi cedida ao gabinete de Serra a pedido do próprio tucano. Ela ocupa o cargo de assistente parlamentar júnior. De acordo com o Portal da Transparência do Senado, ela recebe remuneração básica de R$ 9.456,13, tendo como salário líquido de R$ 7.353,14.

Segundo as regras do Senado, Schmidt deveria cumprir sua carga horária na Casa, mas o próprio gabinete do senador reconhece sua ausência, afirmando que ela cumpre suas funções à distância. Margrit vai todos os dias, de manhã e à noite, registrar sua digital na entrada principal do Congresso, mas não cumpre expediente no local.

Histórico

Margrit trabalha no Senado há 15 anos, quase sempre cedida pela liderança da oposição à gabinetes. Já foi assessora do ex-senador Arthur Virgílio (PSDB), atual prefeito de Manaus (AM), e da senadora Lúcia Vânia (PSB-GO), ex-tucana.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o senador José Serra afirmou que seu “gabinete tem pouco espaço”, não tendo salas para todo mundo.

Nos últimos dias, sua irmã, Mirian, se envolveu em uma polêmica ao relatar, em entrevistas, sua relação com FHC. Segundo ela, entre outras coisas, o tucano teria utilizado uma empresa para enviar dinheiro ao exterior para ela.
Aplicativos instalados