Comunidades, fotos, notícias,
vídeos e muito mais
Buscar
Mais Mais »
#English
Hashtag criada por Elisangela Martins
Popularidade 0 pontos
Publicações nesta hashtag
Elisangela Martins
Com certeza, quanto mais valorizarmos, mas seremos respeitados por outros países.
Realmente a gente precisa valorizar mais a nossa lingua. Gostei do texto, muito bom. Ser um pouco como os franceses para com a lingua é uma boa ideia, hehe.
Madness in Box
Realmente a gente precisa valorizar mais a nossa lingua. Gostei do texto, muito bom. Ser um pouco como os franceses para com a lingua é uma boa ideia, hehe.
Décio Adams, IWA Elite
Eu ficou ouriçado quando ouço professores de "comunicação e expressão" dizer que o importante é se comunicar, se está certo ou errado é menos importante. Imagine o caminho que isso toma, se continuar nesse rumo? Logo não iremos nos entender nem uns aos outros, quanto mais com alguém de fora ou de mais longe.
Verdade Décio, faço do seu comentário um segundo post!
Maravilhosa sua colocação!
Elisangela Martins
A guerra influenciou mesmo, mas eles são assim com todas as línguas, batem o pé para que os visitantes aprendem a falar francês.
Nosso Brasil é maior do que pensamos, precisamos mostrar isso!

Boa semana pra você
Perfeito!
Sofremos da síndrome de inferioridade também neste quesito, o que é lamentável, também...
Sou amante da nossa língua e procurao não assassiná-la. Nem sempre consigo.
As vezes em que saí do Brasil me virei bem falando o espanhol ( não o portunhol), menos na França.
E... os franceses não gostam do inglês. Talvez, ainda seja pela guerra que perderam para os súditos da Coroa Inglesa... há muitos e muitos anos. rsrs
Eita povo patriota!
Beijo querida.
Bom início de semana,
Elisangela Martins
Verdade Décio, faço do seu comentário um segundo post!
Maravilhosa sua colocação!
Elisangela, aplaudo calorosamente seu post. É preciso ter coragem para colocar assim claramente sua posição frente à desfiguração que está sendo levada a efeito por todos os meios de comunicação, da nossa linda lingua nacional. Como você disse, temos uma das línguas mais completas e bonitas do mundo. Concordo em gênero, número e grau com suas palavras.
Sou licenciado em Matemática e me aposentei como professor de física. Hoje escrevo livros de contos, romances e em blogs. Sou um fanático usuário do português na sua forma melhor de exprimir tudo que possa ser dito no vernáculo. Tenho particular ojeriza aos "inglesismos" e "estrangeirismos" em geral, salvo na inexistência de palavra nativa para significar o vocáculo, mesmo assim, podemos descrever o significado, tornando inteligível o que significa.
Outro caso que me causa arrepios, é o uso exagerado de abreviaturas nas mensagens de redes sociais. Compreendo a situação, pois a maior parte é digitada no celular, onde as teclas são pequenas e fica difícil digitar com a velocidade de um teclado de computador. Por isso, raramente mando mensagens por celular. Simplesmente gosto de escrever tudo completo, com todas as letras e na forma correta. Quando me escapa um erro de digitaão e percebo depois de mandar a mensagem, fico constrangido, quando há quem escreva até em textos publicados nos blogs, colunas de revistas e jornais, eivado de erros graves e que deveriam merecer maior atenção. Afinal para o rudimentar e corriqueiro, basta , ao terminar a digitação, passar o corretor ortográfico e gramatical, para apontar ao menos os erros mais sérios. Pode não tornar o texto algo erudito, mas pelo menos evita erros grosseiros e inaceitáveis em quem quer ser lido por pessoas supostamente de nível cultural médio ou acima disso.
Junto-me aqui ao seu protesto e coloco-me à disposição para trocar informações.
decioa@gmail.com, www.facebook.com/livros.decioadams, www.facegook.com/decio.adams, http://decioadams.netspa.com.br
Beth Muniz Elite
Perfeito!
Sofremos da síndrome de inferioridade também neste quesito, o que é lamentável, também...
Sou amante da nossa língua e procurao não assassiná-la. Nem sempre consigo.
As vezes em que saí do Brasil me virei bem falando o espanhol ( não o portunhol), menos na França.
E... os franceses não gostam do inglês. Talvez, ainda seja pela guerra que perderam para os súditos da Coroa Inglesa... há muitos e muitos anos. rsrs
Eita povo patriota!
Beijo querida.
Bom início de semana,
Décio Adams, IWA Elite
Elisangela, aplaudo calorosamente seu post. É preciso ter coragem para colocar assim claramente sua posição frente à desfiguração que está sendo levada a efeito por todos os meios de comunicação, da nossa linda lingua nacional. Como você disse, temos uma das línguas mais completas e bonitas do mundo. Concordo em gênero, número e grau com suas palavras.
Sou licenciado em Matemática e me aposentei como professor de física. Hoje escrevo livros de contos, romances e em blogs. Sou um fanático usuário do português na sua forma melhor de exprimir tudo que possa ser dito no vernáculo. Tenho particular ojeriza aos "inglesismos" e "estrangeirismos" em geral, salvo na inexistência de palavra nativa para significar o vocáculo, mesmo assim, podemos descrever o significado, tornando inteligível o que significa.
Outro caso que me causa arrepios, é o uso exagerado de abreviaturas nas mensagens de redes sociais. Compreendo a situação, pois a maior parte é digitada no celular, onde as teclas são pequenas e fica difícil digitar com a velocidade de um teclado de computador. Por isso, raramente mando mensagens por celular. Simplesmente gosto de escrever tudo completo, com todas as letras e na forma correta. Quando me escapa um erro de digitaão e percebo depois de mandar a mensagem, fico constrangido, quando há quem escreva até em textos publicados nos blogs, colunas de revistas e jornais, eivado de erros graves e que deveriam merecer maior atenção. Afinal para o rudimentar e corriqueiro, basta , ao terminar a digitação, passar o corretor ortográfico e gramatical, para apontar ao menos os erros mais sérios. Pode não tornar o texto algo erudito, mas pelo menos evita erros grosseiros e inaceitáveis em quem quer ser lido por pessoas supostamente de nível cultural médio ou acima disso.
Junto-me aqui ao seu protesto e coloco-me à disposição para trocar informações.
decioa@gmail.com, www.facebook.com/livros.decioadams, www.facegook.com/decio.adams, http://decioadams.netspa.com.br
Elisangela Martins
Oi Mari, nem sempre estou podendo postar na comunidade, por isso pode não ter visto, mas é muito bom ter vc participando
Oi amiga, desculpa não está participando da sua comunidade ainda , falta de atenção a minha.

simples dica que pode fazer com que os nativos da língua inglesa se sintam muito melhor quando conversando com nós brasileiros
Marisete JS
Oi amiga, desculpa não está participando da sua comunidade ainda , falta de atenção a minha.

simples dica que pode fazer com que os nativos da língua inglesa se sintam muito melhor quando conversando com nós brasileiros
Elisangela Martins
Valeu Beth!
Tô aqui!
Beth Muniz Elite
Tô aqui!
Luzzete Morena
Legal suas dicas!
Gabriel Atalaia Elite
Boa dica, realmente, muitas pessoas tem dificuldade para entender o uso do apóstrofo.
Aplicativos instalados