Comunidades, fotos, notícias,
vídeos e muito mais
Buscar
Mais Mais »
#Jesus
Hashtag criada por Luiz Henrique
Popularidade 11 pontos
Publicações nesta hashtag
Décio Adams, IWA Elite
Luiz Henrique! Não sei se gosta das músicas d Pe. Zezinho, mas se puder encontre uma gravação, já um pouco antiga de suas músicas. Ele tem algumas que são fantásticas e, embora eu não sei de onde lhe vem algumas ideias, mas suas letras traduzem ideias bem revolucionárias sobre Jesus Cristo, sobre religião. Elas tem muitos questionamentos, indagações que levam a refletir bastante nesse sentido.
Obrigado Décio! É bom saber que não fui o único a ter essas dúvidas. Com certeza é do outro lado que todas as nossas respostas serão respondidas e onde tudo fará sentido! Fica na Paz!
Luiz Henrique
Obrigado amigo!
Texto maravilhoso! Parabéns pela excelente explicação. Deus continue abençoando.
Luiz Henrique
Obrigado Décio! É bom saber que não fui o único a ter essas dúvidas. Com certeza é do outro lado que todas as nossas respostas serão respondidas e onde tudo fará sentido! Fica na Paz!
Uma bela reflexão, Luiz Henrique. Eu hoje conto com 67 anos e muitas vezes me fiz perguntas semelhantes às que você se fez em muitos momentos. Até mesmo sobre a questão dos milagres, das curas. Nos evangelhos, lemos em várias ocasiões: "E Jesus curou a alguns e deixou os outros".
Por que ele curou alguns e não todos? Há aí dois aspectos. Um se relaciona com a fé da pessoa e o outro, creio que o mais significativo, é que a missão que Jesus veio desempenhar na Terra, não era curar os males do corpo, nem evitar a morte física, que é uma consequência natural do ato de viver.
Como você bem diz em seu texto, a verdadeira vida começa "do outro lado", quando por termos optado fazer nessa vida a vontade do Pai, em sintonia com a Centelha divina, residente em nossa mente, iniciaremos a verdadeira aventura de nossa vida. Iremos percorrer os inumeráveis estágios de aperfeiçoamento, até alcançarmos finalmente a Ilha do Paraíso, onde o Pai nos acolherá em seu abraço de amor.
Alguns foram curados, alguns foram ressuscitados, como sinais para aqueles que tinham a necessidade de ver prodígios. Para eles não bastava a mensagem de amor fraterno, do caminho para o Pai de amor que quer ser conhecido e amado por nós. Jesus veio para esse fim e não para restaurar um utópico reino terreno de Israel, nem tampouco remover a dor e sofrimento do mundo. Essas coisas fazem parte do fato de estarmos vivos. Em algum dia, mais cedo ou mais tarde, iremos morrer para daí sim, começarmos a evoluir no caminho do Pai e nos tornarmos perfeitos como ele o é.
Décio Adams, IWA Elite
Uma bela reflexão, Luiz Henrique. Eu hoje conto com 67 anos e muitas vezes me fiz perguntas semelhantes às que você se fez em muitos momentos. Até mesmo sobre a questão dos milagres, das curas. Nos evangelhos, lemos em várias ocasiões: "E Jesus curou a alguns e deixou os outros".
Por que ele curou alguns e não todos? Há aí dois aspectos. Um se relaciona com a fé da pessoa e o outro, creio que o mais significativo, é que a missão que Jesus veio desempenhar na Terra, não era curar os males do corpo, nem evitar a morte física, que é uma consequência natural do ato de viver.
Como você bem diz em seu texto, a verdadeira vida começa "do outro lado", quando por termos optado fazer nessa vida a vontade do Pai, em sintonia com a Centelha divina, residente em nossa mente, iniciaremos a verdadeira aventura de nossa vida. Iremos percorrer os inumeráveis estágios de aperfeiçoamento, até alcançarmos finalmente a Ilha do Paraíso, onde o Pai nos acolherá em seu abraço de amor.
Alguns foram curados, alguns foram ressuscitados, como sinais para aqueles que tinham a necessidade de ver prodígios. Para eles não bastava a mensagem de amor fraterno, do caminho para o Pai de amor que quer ser conhecido e amado por nós. Jesus veio para esse fim e não para restaurar um utópico reino terreno de Israel, nem tampouco remover a dor e sofrimento do mundo. Essas coisas fazem parte do fato de estarmos vivos. Em algum dia, mais cedo ou mais tarde, iremos morrer para daí sim, começarmos a evoluir no caminho do Pai e nos tornarmos perfeitos como ele o é.
Thomas Pereira
Texto maravilhoso! Parabéns pela excelente explicação. Deus continue abençoando.
Aplicativos instalados