Comunidades, fotos, notícias,
vídeos e muito mais
Buscar
Mais Mais »
#LulaLadrao
Hashtag criada por Fernando Melis
Popularidade 14 pontos
Publicações nesta hashtag
Décio Adams, IWA Elite
De tais atitudes que parte do ser humano nem temos como questionar porque até os animais em determinadas situações se compadecem uns dos outros. Digo que cada um dar o que tem e não temos como exigir alguma coisa de quem nada tem pra oferecer. Para tais situações resta calar e esperar. Sinto dó de tanta imundície. E Deus que me livre e guarde de nunca ouvir o uivo desses chacais.
Maria de Lourdes "Emedelu"
De tais atitudes que parte do ser humano nem temos como questionar porque até os animais em determinadas situações se compadecem uns dos outros. Digo que cada um dar o que tem e não temos como exigir alguma coisa de quem nada tem pra oferecer. Para tais situações resta calar e esperar. Sinto dó de tanta imundície. E Deus que me livre e guarde de nunca ouvir o uivo desses chacais.
Para citar outra situação ridícula, vou me referir à "manifestação" diante do prédio da PF, na tarde em que publicaram a sentença de Moro contra Lula. Fiz questão de ver os flashes do jornalista da Record, falando a toda hora que o número de manifestantes estava aumentando, mas eu não conseguia enxergar mais do que umas duas dúzias de pessoas, algumas faixas e cartazes, mas nada que merecesse ser indicado como uma verdadeira celebração popular. Não sei quanto rfoi que o bispo Edir (Mais-cedo) Macedo embolsou para fazer aquela patuscada, uma vez que costumavam ser mais reservados nessa questão antes. Nem o anúncio da distribuição de coxinhas e bolos para os manifestantes atraiu mais gente. Eu teria enfiado minha viola no saco e metido o rabo entre as pernas, saindo de fininho.
Outra coisa que vi, foi o Jornal Tribuna do Paraná estampar na primeira página, acima de todas as demais informações, duas mãos, onde em uma delas faltava um dedo, dizendo (Nove) que é o número de dedos das duas mãos, anos de cana para Lula. Um jorna-lixo sem valor que esqueceu da dignidade, do respeito e consideração para com uma pessoa. Usar uma pequeníssima mutilação na mão para comparar isso com uma forma de culpa, associar os dedos ao número de anos de prisão, é o fim da picada.
Décio Adams, IWA Elite
Para citar outra situação ridícula, vou me referir à "manifestação" diante do prédio da PF, na tarde em que publicaram a sentença de Moro contra Lula. Fiz questão de ver os flashes do jornalista da Record, falando a toda hora que o número de manifestantes estava aumentando, mas eu não conseguia enxergar mais do que umas duas dúzias de pessoas, algumas faixas e cartazes, mas nada que merecesse ser indicado como uma verdadeira celebração popular. Não sei quanto rfoi que o bispo Edir (Mais-cedo) Macedo embolsou para fazer aquela patuscada, uma vez que costumavam ser mais reservados nessa questão antes. Nem o anúncio da distribuição de coxinhas e bolos para os manifestantes atraiu mais gente. Eu teria enfiado minha viola no saco e metido o rabo entre as pernas, saindo de fininho.
Outra coisa que vi, foi o Jornal Tribuna do Paraná estampar na primeira página, acima de todas as demais informações, duas mãos, onde em uma delas faltava um dedo, dizendo (Nove) que é o número de dedos das duas mãos, anos de cana para Lula. Um jorna-lixo sem valor que esqueceu da dignidade, do respeito e consideração para com uma pessoa. Usar uma pequeníssima mutilação na mão para comparar isso com uma forma de culpa, associar os dedos ao número de anos de prisão, é o fim da picada.
Pois é! E assim era uma vez um povo que na marra resolveu pagar os seus pecados, todos de uma vez, só que não sabiam que eram tantos pecados assim. Mas um dia quando voltarmos a andar pra frente já que nos colocaram pra andar pra trás, quem sabe, se não voltarmos a engatinhar, haveremos de dizer que isso foi um sonho mal sonhado! Sonho ou pesadelo não sei, sei dizer que o engodo é bravo, que chega a doer até nas costelas! Você já pensou na possibilidade de engatinhar já que estamos retrocedendo? Eu mesma não quero nem pensar numa coisa dessas!
Maria de Lourdes "Emedelu"
Pois é! E assim era uma vez um povo que na marra resolveu pagar os seus pecados, todos de uma vez, só que não sabiam que eram tantos pecados assim. Mas um dia quando voltarmos a andar pra frente já que nos colocaram pra andar pra trás, quem sabe, se não voltarmos a engatinhar, haveremos de dizer que isso foi um sonho mal sonhado! Sonho ou pesadelo não sei, sei dizer que o engodo é bravo, que chega a doer até nas costelas! Você já pensou na possibilidade de engatinhar já que estamos retrocedendo? Eu mesma não quero nem pensar numa coisa dessas!
Mas há uma "pá" de coxinhas dando pulos de alegria. Por quê éu não sei.
Um belo exemplo foi a festa de casamento da filha do Barros (não seria Lamas?), realizado aqui em, espaço púlico. A previsão era de tempo sem chuvas. O que eles não esperavam era a indignação populacional. Uma literal "chuva de ovos", tornou o guarda chuva necessário para proteger dos grossos "pingos" que caiam sobre todos. Foi um verdadeiro vexame. povo se indignou com o uso de espaço público para festa particular, com requintes de ostentação, quando o país inteiro está na miséria. A teta do governo deve estar produzindo bastante leite gordo.
Décio Adams, IWA Elite
Mas há uma "pá" de coxinhas dando pulos de alegria. Por quê éu não sei.
Um belo exemplo foi a festa de casamento da filha do Barros (não seria Lamas?), realizado aqui em, espaço púlico. A previsão era de tempo sem chuvas. O que eles não esperavam era a indignação populacional. Uma literal "chuva de ovos", tornou o guarda chuva necessário para proteger dos grossos "pingos" que caiam sobre todos. Foi um verdadeiro vexame. povo se indignou com o uso de espaço público para festa particular, com requintes de ostentação, quando o país inteiro está na miséria. A teta do governo deve estar produzindo bastante leite gordo.
Olá Décio! Nada do que acontece nos dias de hoje é novidade para nós. Novidade mesmo é essa situação não mudar. Cadê os empregos, cadê o dinheiro que sumiu do bolso do povo? O país está a um passo da miséria, esperávamos que com a condenação do Lula as coisas melhorassem um pouco! A Dilma se foi, o Lula condenado e nós na M...... assim não dá!
Maria de Lourdes "Emedelu"
Olá Décio! Nada do que acontece nos dias de hoje é novidade para nós. Novidade mesmo é essa situação não mudar. Cadê os empregos, cadê o dinheiro que sumiu do bolso do povo? O país está a um passo da miséria, esperávamos que com a condenação do Lula as coisas melhorassem um pouco! A Dilma se foi, o Lula condenado e nós na M...... assim não dá!
Se alguém tinha dúvida de que isso iria acontecer, deve ser muito ingênuo. Agora se ele vai ser preso, depois do julgamento na segunda instância, é outra história. Duvido e faço pouco. O juizinho de primeiro graveto (não é primeira vara), quer ficar na história como o primeiro juiz a condenar um ex-presidente da república. Depois disso, pouco importa se vai haver prisão, cumprimento de pena ou coisas assim.
É provável, quase certo, de que a condenação será revogada pela segunda instância e termina a lambança. Condenar sob um argumento tão frágil, como o que foi usado, sem provas e pairando sérias dúvidas sobre a possibilidade da existência de culpa, é uma ousadia jamais vista. Mas, diante dos últimos fatos que temos visto na justiça brasileira, não se pode mais duvidar de muita coisa.
Décio Adams, IWA Elite
Para bom entendedor, meia palavra basta e para quem conhece cisco, um risco dá Francisco.
Comentário muito confuso. Começa dizendo que TRF vai derrubar a decisão da primeira instância, depois mas termina dizendo que tem dúvidas. Bem, o meliante foi condenado, ão. Por or queri queira ou apaixonados petistas ou não, por ora a cadeia o espera.
Jorge Magalhaes
Comentário muito confuso. Começa dizendo que TRF vai derrubar a decisão da primeira instância, depois mas termina dizendo que tem dúvidas. Bem, o meliante foi condenado, ão. Por or queri queira ou apaixonados petistas ou não, por ora a cadeia o espera.
Se alguém tinha dúvida de que isso iria acontecer, deve ser muito ingênuo. Agora se ele vai ser preso, depois do julgamento na segunda instância, é outra história. Duvido e faço pouco. O juizinho de primeiro graveto (não é primeira vara), quer ficar na história como o primeiro juiz a condenar um ex-presidente da república. Depois disso, pouco importa se vai haver prisão, cumprimento de pena ou coisas assim.
É provável, quase certo, de que a condenação será revogada pela segunda instância e termina a lambança. Condenar sob um argumento tão frágil, como o que foi usado, sem provas e pairando sérias dúvidas sobre a possibilidade da existência de culpa, é uma ousadia jamais vista. Mas, diante dos últimos fatos que temos visto na justiça brasileira, não se pode mais duvidar de muita coisa.
Décio Adams, IWA Elite
Se alguém tinha dúvida de que isso iria acontecer, deve ser muito ingênuo. Agora se ele vai ser preso, depois do julgamento na segunda instância, é outra história. Duvido e faço pouco. O juizinho de primeiro graveto (não é primeira vara), quer ficar na história como o primeiro juiz a condenar um ex-presidente da república. Depois disso, pouco importa se vai haver prisão, cumprimento de pena ou coisas assim.
É provável, quase certo, de que a condenação será revogada pela segunda instância e termina a lambança. Condenar sob um argumento tão frágil, como o que foi usado, sem provas e pairando sérias dúvidas sobre a possibilidade da existência de culpa, é uma ousadia jamais vista. Mas, diante dos últimos fatos que temos visto na justiça brasileira, não se pode mais duvidar de muita coisa.
Aplicativos instalados